sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

"A língua posta a salvo" de ELIAS CANETTI


De origem judaica, Elias Canetti (1905-1994), nasceu na Bulgária. A partir de 1913 viveu na Áustria, com passagens pela Suiça e pela Alemanha, radicando-se em Londres desde 1939.
Romancista, sociólogo, ensaísta e dramaturgo, foi galardoado com o Prémio Nobel da Literatura em 1981.
Em A língua posta a salvo, Canetti oferece uma análise detalhada das primeiras décadas do século XX. Os incidentes mais sensíveis do quotidiano têm como pano de fundo acontecimentos mundiais, nomeadamente a Primeira Guerra Mundial, bem como as reflexões do autor sobre as consequências daqueles acontecimentos na vida do indivíduo.
Temos em destaque esta obra, entre as novidades, numa edição da Campo das Letras.